Desde o início da faculdade de Psicologia eu ouço essa palavrinha: Empatia. Muitas pessoas não sabem o que ela significa ao certo e eu mesmo também não entendia o verdadeiro significado dessa palavra. Empatia é a capacidade psicológica para se colocar no lugar do outro, tentar compreender sentimentos e emoções do outro. Percebem como não é tão simples assim?

empatia-blog-encanto-da-sereia2

Empatia não pode ser falada da boca pra fora. Deve ser vivida e compreendida. E é muito difícil aprender a ser uma pessoa empática, mas não é impossível. Empatia é muito mais do que dizer um “eu te entendo”, é procurar entender mesmo! Não só para confortar aquela pessoa ou acabar com uma discussão. Vou fazer um breve relato de como descobri o verdadeiro significado da palavra.

empatia-blog-encanto-da-sereia

Sempre fui o tipo de pessoa que cria mil e uma expectativas e acaba se decepcionando quando elas não são atingidas. Até que em um belo dia, após algumas frustrações, comecei a refletir sobre isso. “E se o outro também tem expectativas e eu não correspondo como ele gostaria? E se o que eu faço também incomoda o outro, assim como me incomoda também?” E a partir daí fui desenvolvendo essa capacidade de me colocar no lugar do outro e pensar “opa, mas se isso não tá legal pra mim, pode não estar pra essa pessoa também” e tantos outros pensamentos que surgem em diversas situações cotidianas.

empatia-blog-encanto-da-sereia4

A verdade é que eu descobrir que para ser empático você precisa de diálogo. É, você precisa conversar com o outro. Quando algo não sai como eu planejo, procuro conversar com as outras pessoas e ver qual a visão delas a respeito daquela situação. Nós não temos uma bola de cristal pra saber o que o outro está pensando. Mas nós temos como perguntar e conversar sobre os sentimentos e emoções alheias. Mas calma tá? Nem sempre você será bem recebido por tentar entender o outro. Sabe por que eu digo isso? Porque nós estamos acostumados a julgar o tempo todo! É muito mais fácil eu falar que a pessoa fez isso, aquilo e aquilo outro sem nem pensar nos motivos que ela teve para fazer o que fez. E é muito difícil tirar o julgamento dos nossos outros e procurar compreender a fundo o que o outro pensa e sente, mas como disse anteriormente, não é impossível.

empatia-blog-encanto-da-sereia3

Ah, mas lembrem-se que empatia é diferente de simpatia. Quando você é simpático, é a harmonia entre você e o outro, é a criação de laços. Já na empatia você precisa compreender e conhecer a outra pessoa. Quando digo conhecer não quer dizer que tem que ser amigo há anos ou ser alguém muito próximo. Você pode se colocar no lugar do seu novo colega de trabalho que está nervoso e com dificuldade de aprender as tarefas, do seu chefe que recebe milhares de cobranças, do vizinho que chega tarde da noite e faz um mega barulho e por aí vai. Empatia é você respeitar o sentimento e a emoção do outro e procurar entender, mesmo que naquele momento não faça sentido para você. (Esse vídeo é muito bom! Assistam!)

Fiz cinco anos de Psicologia e só depois de formada consegui entender o real sentido da palavra empatia. Então não se cobre se esse exercício não der certo na primeira ou na segunda tentativa. Continue tentando e não se culpe pelos tropeços que acontecerem ao longo do caminho, eles também fazem parte desse processo e nos ajudam muito mais. Vejam o meu exemplo que ouvi durante cinco anos todo mundo falando de empatia, mas só fui aprender o que ela quer dizer depois refletir muito e viver na pele o que essa palavrinha significa. Mas pelo menos tenta, faz esse exercício e depois me conta se o jeito de encarar as coisas mudaram, tá bem?

Hoje posso dizer que aprendi que é preciso ter respeito com o sentimento alheio para poder ser respeitado também e principalmente, para que as pessoas aprendam a ser empáticas contigo e com as outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *