Sempre planejei viagens, mas até então optava por escolher hotéis… até conhecer o Airbnb. Sei que algumas pessoas já conhecem esse tipo de serviço, mas muita gente ainda fica em dúvida se vale a pena mesmo. Então decidi explicar como funciona esse serviço e contar pra vocês como foi a minha experiência com o airbnb e os prós e contras.

O que é o AIRBNB?

O airbnb é uma plataforma de hospedagem online que reúne tanto casas quanto apartamentos para aluguel. Lá você pode escolher se hospedar na casa ou no apartamento de outras pessoas. Isso mesmo. Gente como a gente, ahaha. Pra quem gosta de ter mais privacidade ou então vai viajar com a família ou com os amigos e precisa de uma casa grande o suficiente pra hospedar todo mundo… Tá aí o airbnb. O site é bem confiável e uma das melhores coisas é que você pode escolher a forma de pagamento. Muitas vezes nos hotéis você tem que dar metade do valor antes de se hospedar e na hora do check-in acerta o resto. Já pelo airbnb eles que são os moderadores entre o hóspede e o anfitrião. Ou seja, qualquer problema que ocorra em relação ao pagamento, deve ser comunicado ao site.

Como funciona o AIRBNB? 

Primeiramente você efetua o seu cadastro e pra isso eles pedem uma foto da sua carteira de identidade ou até mesmo um vídeo explicando porque você quer se juntar ao site, mas é tudo bem simples e rápido. Em questão de minutos eles confirmam o seu cadastro e você está liberado para fazer suas reservas.

airbnb-blog-encanto-da-sereia

O site é repleeeeeeeeeto de hospedagens! Não funciona somente no Brasil viu? Você também pode fazer suas reservas pelo mundo todo. O site é bem simples. Você escolhe o destino, a data de chegada e de saída e quantos hóspedes. O airbnb seleciona as hospedagens que se adequam às suas datas e a quantidade de hóspedes. Depois disso você pode mexer nos filtros, separando por faixa de preço, se quer quarto compartilhado ou inteiro, se quer reservar o lugar todos e diversos outros filtros.

Fiz uma pesquisa qualquer só pra mostrar pra vocês como funciona.
Fiz uma pesquisa qualquer só pra mostrar pra vocês como funciona.

E na hora de reservar?

Bom, aí você tem que prestar um pouco mais de atenção. Eu busquei alguns apartamentos em Gramado e, além de olhar as fotos do local, também procurei os comentários de outros hóspedes acerca do local e do anfitrião também. Muitos locais possuem certas regras como por exemplo, não fazer barulho após às 22hs, proibido fumar e outros. Na página da reserva você tem acesso à todas as informações.

airbnb-blog-encanto-da-sereia4

Ah! Vale lembrar que alguns locais cobram uma taxa de limpeza, então além das diárias, esse valor também será acrescido. Quanto as condições de cancelamento, elas variam de anfitrião para anfitrião. Alguns são mais exigentes e devolvem 50% do valor até tantos dias antes da viagem, outros não cobram nada para cancelar. E isso vocês também devem prestar atenção tá?

Fiquem atentos às taxas!
Fiquem atentos às taxas!

Escolhi o local e agora?

Agora você precisa entrar em contato com o anfitrião. O site mesmo te direciona para uma página onde você envia uma mensagem se apresentando, contando o motivo da viagem e dizendo porque você gostaria de se hospedar naquele local. O anfitrião receberá essa mensagem e poderá decidir se realizar a reserva ou não. Algumas reservas são feitas imediatamente (as que possuem um raiozinho amarelo do lado), outras necessitam da aprovação do dono do local.

E depois disso… Pronto! É só contar os dias pra sua viagem! Agora vamos à minha experiência com o airbnb.

Segui todos os passos explicados aí em cima quando fui buscar um apartamento em Gramado. Da outra vez que eu e o Lê fomos pra lá ficamos em um hotel que era maravilhoso, mas o preço também era mais salgadinho. Por isso optamos por um apartamento que fosse mais em conta, mas que também nos oferecesse outros benefícios, como por exemplo, nós já sabíamos que é difícil encontrar estacionamento nas ruas de Gramado e foi isso que contou na nossa escolha. Optamos por um apartamento que fosse próximo à Rua Coberta (centro de Gramado) e que tivesse garagem, assim poderíamos deixar o carro e sair a pé para conhecer mais da cidade. Infelizmente, no final de semana que nos hospedamos, choveu muito! O que fez com que usássemos mais o carro do que achávamos que usaríamos.

Quando chegamos em Gramado, entramos em contato com a anfitriã que nos entregou a chave e nos mostrou todo o apartamento. O apartamento era exatamente como a gente viu nas fotos sabe? A cama era muito confortável e tinha ar-condicionado no quarto (o que foi ótimo porque tava muito frio!). Nossa experiência foi muito positiva com o apartamento. A dona solicitou que ligássemos uma hora antes de sairmos pra ela poder pegar as chaves e se organizar também. Ela nos contou que só teve boas experiências com o airbnb e até nos ofereceu uma casa que tinha por lá para alugar também.

Nossa viagem foi rápida, dois dias somente, mas foi muito bom! Confesso que em viagens com amigos ou com família pode ser que seja muito mais em conta. Nós pagamos R$ 400 para duas diárias num apartamento no centro de Gramado e foi muito em conta. O apartamento tinha espaço pra mais 2 pessoas, então ficaria mais barato né? Acho que isso de se hospedar em casas e apartamentos alheios é até melhor quando você pega uma semana de férias ou até mais. Porque aí você não sai pra jantar todos os dias ou então prefere almoçar em casa, acaba sendo mais econômico. Ta aí a minha dica! Quem estiver programando uma viagem, fica de olho no airbnb hein 🙂

Se você já teve alguma experiência com o AIRBNB, me conta aqui nos comentários! E se você quiser ter um descontinho na sua primeira viagem, é só clicar nesse link aqui. Vocês podem ganhar até R$ 85 de desconto! 😀

2 comments on “Dica: Experiência com o Airbnb”

  1. Amei a dica❤❤❤ fazia muito tempo que queria ir pra gramados, e é agora que vou de vez hahah’ depois de ir conto minha experiência no blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *