2016 foi o ano mais intenso que já vivi e não tenho dúvidas sobre isso. Aconteceu muita coisa que nos fez pensar “onde aperta pra cancelar 2016?”, mas lá no fundinho também aconteceu muita coisa legal que contribuiu para esse ano ser o que foi. Decidi compartilhar com vocês 06 coisas que aconteceram nesse ano que passou e que ajudaram a me transformar no que sou hoje. Já deixo a dica pra que cada um também faça o seu balanço de como foi esse ano que terminou e o que pode ser melhorado nesse ano novo.

1. Aprendi que viver a dois é (quase) como ter uma empresa

Deixa eu tentar explicar… Viver a dois é muito mais do que dividir uma cama, dividir as tarefas do dia-a-dia. É somar. E somar pra um bem em comum. Eu e o Lê passamos o ano de 2016 economizando para realizar nossos sonhos em 2017 e nos próximos. Aprendemos muito com tudo isso sabe? Confesso que eu aprendi ainda mais. Nós somos diferentes, temos visões diferentes para as coisas, gostamos de músicas diferentes e ainda assim, a gente se ama demais a ponto de querer realizar mil e um plano juntos. Mas pra isso, o objetivo de ambos tem que ser alinhado né? Então nossa poupancinha é administrada quase como uma empresa.

 

2. Voltei a estudar com a Pós Graduação

Concluí a faculdade em Março e em Maio já estava nas aulas da Pós. Por opção minha, não queria terminar a faculdade e parar de estudar sabe? Sou muito preguiçosa e sabia que se ficasse muito tempo sem estudar, logo perderia o gosto e a vontade e não seria mais uma prioridade na minha vida. Mas como ainda quero alcançar muitas conquistas na minha profissão, decidi começar a Pós Graduação em Gestão Estratégica de Pessoas e não me arrependo! É demais, outra realidade e repleta de ensinamentos.

3. Fiz a minha primeira viagem sozinha (e de avião!)

Até os meus 22 anos, nunca tinha viajado sozinha, muito menos de avião e esse ano aconteceu! E foi demais! Nossa, eu morria de medo de me perder no aeroporto, de não achar o meu portão a tempo, mas quem tem boca pode pedir informações né? Confesso que só me perdi na conexão de Brasília > Rio de Janeiro porque o aeroporto é enorme e eu tava tão empolgada com tudo que passei reto pelo portão de embarque, ahahah. Mas tudo resolvido a tempo e fiquei com gostinho de quero mais!

4. Conheci uma cidade nova

Brasília é demais! Não fazia nem ideia de como era a cidade e fiquei admirada. Sabe quando você sai do interior de Santa Catarina e conhece uma cidade grande? Nossa, pra mim aquilo era uma loucura! A viagem para Brasília não foi por lazer, mas sim a trabalho. Fui pra um Congresso da área que escolhi na Psicologia e foi simplesmente uma das experiências mais incríveis que eu já tive. Apresentei DOIS trabalhos nesse congresso que é enorme, onde tinha pessoas de todos os cantos do Brasil (e fora dele também!), sem falar que conheci estudiosos que eu referenciava ao longo da faculdade. Foi uma experiência e tanto viu?

5. Conheci uma amiga que fiz na época do fotolog

Quando programei minha viagem para Brasília sabia que teria que conhecer uma amiga de anos que mora lá. Nos conhecemos na época do fotolog… Ainda lembram? Eu e a minha melhor amiga tínhamos um fotolog para a banda McFLY (que saudade dessa época!) e a Rê também tinha outro fotolog para a banda. Uma ajudava a outra quando precisávamos postar todos os dias e desde aquela época a gente mantém contato. Fui pra Brasília e já nos conhecemos no primeiro dia! Foi demais! Tão bom quando você comprova que a pessoa é exatamente do jeitinho que você conheceu pela internet né? Ela me apresentou Brasília toda e eu só tenho a agradecer a hospitalidade e o carinho. Quero voltar mais vezes! Beijo Rê! 😀

6. Descobri que sou capaz de muito mais do que imagino

Final de 2016 foi muito puxado pra mim, duvidei muito do meu potencial, mas consegui. Além do blog, tenho mais dois empregos que exigem mais do que 8 horas diárias do meu dia e confesso que fiquei com muito muito medo de não dar conta do recado sabe? Mas com muito planejamento, organização e confiança, a gente consegue sim! Sigo com esses dois trabalhos e ainda levo o blog com toda a dedicação do mundo porque sei que em algum momento a vida vai me devolver em dobro. Então… Confiança (e paciência)!

 

 

2016 foi um ano sofrido, mas que rendeu um amadurecimento incrível. Fico feliz por chegar em 2017 com a cabeça que tenho hoje. Espero que esse ano seja de muitas realizações para todos nós! Que sejamos mais gentis com a nossa cabeça, com as nossas atitudes e com as outras pessoas. Ô energiazinha boa que tem no começo do ano né? Então vamos lá! Feliz ano novo pra todos vocês. Volto logo, juro juradinho! 😀

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *