E lá vamos nós para mais um post sobre a transição capilar! No post anterior eu contei um pouquinho da história do meu cabelo e se você ainda não conferiu, é só clicar aqui. Depois desse post já se passou uma semana e eu testei os produtinhos que comprei. Decidi iniciar a técnica de Low Poo também, juntamente com a transição e aqui já vai a primeira dica. Baixei um aplicativo chamado CABELO POO (disponível para Android) e lá você consegue, através do código de barras do produto, saber se ele é liberado ou não para a sua técnica. Eu comecei a Low Poo, mas tem muita gente que segue a No Poo e nem todos os produtos que são liberados para uma, também são para outras.

É um aplicativo muito simples e fácil de mexer. Eu mesmo fiz a festa no supermercado testando todos os shampoos e condicionadores que tinham por lá pra ver quais eram liberados ou não. Depois de muito procurar, escolhi a linha da Phytoervas para Anti Quedas. O shampoo e o condicionador até o momento são bem bons. Nada muito incrível, mas são produtos liberados. No banho eu uso o shampoo, depois aplico aquela maionese light da Salon Line (que é mega cheirosa e ajuda a nutrir o fio!) e depois o condicionador. Além disso, vocês também me indicaram o Yamasterol Amarelo para finalizar as ondinhas e ele também serve para fazer co-wash, que é aquela lavagem com condicionador sabe? Mas por enquanto tenho usado ele apenas para finalizar e também no day after! Além disso, tenho um creme para pentear da Garnier Fructis Cachos Poderosos e eu tenho revezado entre esses dois.

Os escolhidos para finalização!

Até agora tem sido tranquilo a transição, aos pouquinhos vão surgindo mais algumas ondinhas. Mas o maior problema pra mim é a definição das ondas! Se vocês tiverem dicas de como finalizar cabelos com curvatura 2b, por favor, deixem nos comentários!! Tenho testado várias formas de finalizar, mas ainda não encontrei nenhuma que mantenha as minhas ondas no lugar. Ao longo do dia o cabelo parece que vai desmanchando sabe? E aí fica um pedaço escorrido e um pedaço ondulado, ahahah. Já tentei fazer plopping (aquela que você coloca a camiseta na cabeça), já tentei finalizar com ele bem molhado, com ele mais seco, já testei só com o yamasterol, só com o da garnier e ainda não achei um jeito ideal. Me contem aqui nos comentários se vocês tem algum produto coringa ou como vocês finalizam o cabelo de vocês. Vamos nos ajudar né? E pra encerrar o post, deixo aqui uma foto do primeiro dia de transição e a outra com uma semana de transição. Tem dias que ele ainda fica com um aspecto de bagunçado, mas eu nem ligo mais sabe? É só a questão de manter as ondas que tem me deixado mais chateadinha!

Início da transição.
Uma semana depois de iniciar a transição.

Percebem como as pontas ficam lisas? É assim que o cabelo vai ficando ao longo do dia 🙁 HEEEEELP! Ahahaha. Espero que tenham gostado desse “diário da transição” e por favor, deixem aqui as dicas de vocês pra me ajudar e ajudar outras pessoas que também estão nesse processo! E ah! Não esquece de me seguir lá no Instagram (@blogencantodasereia) e no Facebook (Encanto da Sereia) que eu tenho postado direto por lá viu? Um beijo e até amanhã! 😀

Twitter | Instagram | Facebook | E-mail

2 comments on “Cabelos: Minha Transição Capilar #2”

  1. Oi, Renata! Eu não estou passando por transição, mas confesso que prefiro cachos ao liso… É mais questão de gosto, mesmo hahaha Sobre as pontas lisas, creio que com o passar da transição isso vá ganhando forma, afinal, ainda passou pouco tempo, não é? Achei bem interessante o post, disse que amo os cachos mas tenho cabelo liso e cachos dão um super trabalho, não é? Ainda mais a transição. Foco nisso, vai ficar maravilhosa 😀

    Um beijão, Carol
    Blog com V.

    • Foco, foco, foco! Eu até não fiz mais posts de transição porque no começo é tudo muito novo e a cada dia é uma técnica diferente pra uma hora encontrar aquela que realmente dá certo no tipo de cabelo. Também acredito que daqui alguns meses as pontas lisas já vão estar mais definidas e daqui uns meses eu pretendo cortar as famosas “pontinhas” do cabelo, então quem sabe ajuda né? Obrigada pela força Carol! É sempre bom alguém pra encorajar nessas transições! Um beijo! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *