Estava com alguns filmes na listinha para contar para vocês se valem a pena ou não assistir e decidir trazer esses dois que me fizeram muito feliz ao assistir. Um com uma pegada mais feminista e uma história de luta das mulheres negras para conseguirem seu espaço na NASA. O outro já tem uma pegada mais “Into The Wild” e faz a gente repensar sobre uma penca de coisas da nossa vida. Espero que gostem das recomendações da semana.

ESTRELAS ALÉM DO TEMPO

Sinopse:1961. Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética disputam a supremacia na corrida espacial ao mesmo tempo em que a sociedade norte-americana lida com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Tal situação é refletida também na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigada a trabalhar a parte. É lá que estão Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson, grandes amigas que, além de provar sua competência dia após dia, precisam lidar com o preconceito arraigado para que consigam ascender na hierarquia da NASA.

O que eu achei: Tô desde o Oscar para assistir esse filme e só tirei um tempinho esses dias para conferir. Confesso que achava que o filme teria uma pegada muito mais feminista, mas ele sabe ser sutil e crítico ao mesmo tempo, além de fazer as pessoas pensarem sobre o assunto. É muito louco imaginar que tudo isso aconteceu em plena Guerra Fria e acompanhando os perrengues que cada uma das mulheres enfrentam para poder conquistar o seu espaço ainda mais por serem negras o que era extremamente difícil naquela época. Tem uma cena que me marcou demais onde uma das mulheres chega ensopada no trabalho depois de pegar muita chuva para poder ir no banheiro (que era separado entre brancos e negros) e no local onde ela trabalhava não tinha um banheiro para negros!! Gente, eu fiquei chocada com essa cena. Ninguém “se percebe” dessa situação até ela finalmente desabafar. Assistam! As mulheres são demais e mostram a luta que até hoje nós temos que enfrentar no nosso trabalho para poder conquistar o espaço que realmente merecemos. Girl power sim! E ah, aliás, o filme se desenvolve tão bem que passa mais rápido do que você imagina.

CAPITÃO FANTÁSTICO

Sinopse: Ben tem seis filhos com quem vive longe da civilização, no meio da floresta, numa rígida rotina de aventuras. As crianças lutam, escalam, leem obras clássicas, debatem, caçam e praticam duros exercícios, tendo a autossuficiência sempre como palavra de ordem. Certo dia um triste acontecimento leva a família a deixar o isolamento e o reencontro com parentes distantes traz à tona velhos conflitos.

O que achei: Eu chorei TANTO, mas TANTO com esse filme que a primeira coisa que eu posso dizer é: prepara o coração. O filme conta a história de um pai que educa seus filhos no meio da floresta, ensinando tudo sobre sobrevivência, literatura, caça e tudo mais. No começo talvez vocês estranhem a maneira como ele educa os filhos dele e fica até brava em alguns momentos com as atitudes dele, mas com o desenrolar da história você percebe que ele era ingênuo ao imaginar que os filhos conseguiriam sobreviver na “cidade grande” sem nenhum problema. É claro que chegando na cidade eles se tornam os “patinhos feitos” por terem um estilo de vida totalmente diferente. O filme é lindo, a fotografia é sensacional e eu duvido que não dê vontade de colocar a barraca no carro e ir para um lugar calmo e tranquilo como os que a gente vê no filme. Só digo mais uma vez: se preparem para o final. Olha que eu costumo ser mais fria para filmes, é muito difícil me comover sabe? Mas esse mexeu demais… Pra quem já assistiu um Into The Wild e gostou, vai gostar de Capitão Fantástico também.

Gostaram das indicações? Se vocês já assistiram algum desses filmes, deixa aqui nos comentários o que você achou e aproveita pra me indicar mais filmes que eu tô alouca do cinema aqui, ahahah.

1 comment on “Cinema: Estrelas Além do Tempo e Capitão Fantástico”

  1. Geeente, esse filme com a pegada feminista eu já devia ter visto há muito tempo, nem sei porque adio… Capitão Fantástico eu ainda não tinha visto nada, mas aparenta ser ótimo e amo filmes que fazem chorar hahaha Você já deve ter assistido, mas Interestelar é brilhante, até hoje não terminei porque sofri muito hahaha

    Um beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *